A Bruxa Inácia

Ela é a bruxa muito feia e enrugada
Mora com a coruja numa casa abandonada
Todos sentem medo ao escutar de madrugada
O pio da coruja
E a sua gargalhada

Não gosta de criança
E ninguém chega perto dela
Prepara porções mágicas e joga na panela
Usou os seus poderes e começou a dizer
Que algo muito estranho
Estava pra acontecer

Uma chuva muito forte
E as águas vão levar
A casa de quem mora bem aqui nesse lugar
De fato a chuva veio com raio e trovão
Mas sua profecia
Não deu muito certo não

Ninguém perdeu sua casa
Tudo está no seu lugar
Mas quando notaram, ela não estava lá
E ninguém sabe dizer o que foi que aconteceu
Depois da tempestade
Foi a bruxa má quem desapareceu

Compositora: Ana Carolina